Um dia no Rio: Praça Mauá

Praça Mauá, no centro do Rio de Janeiro, passou por 4 anos de obras e, em setembro deste ano, ela finalmente foi reinaugurada. Ela localiza-se à beira da Baía de Guanabara e marca o início da Avenida Rio Branco e também da Zona Portuária.

Vista área da antiga Praça Mauá

Velha conhecida dos cariocas, a Praça estava há anos abandonada e sem segurança, até ser revitalizada. Por isso, quando decidimos visitá-la no último feriadão, ficamos muito felizes em ver que ela está linda, cheia de turistas, famílias com crianças andando de skate, patins. Eu estava bastante curiosa para ver como ela estava, principalmente com relação à segurança do local, e posso dizer que na Praça me senti bastante à vontade e segura. Além de estar muito movimentada e com muitas famílias, também vi alguns guardas e, com isso, não tivemos problema para tirar fotos, usar o celular ou sentar tranquilamente para comer.

Vista da Praça Mauá revitalizada (Créditos: http://www.odia.ig.com.br)

Há opções para todos os gostos. Tem muitos food trucks com diversas opções de comidas, nós comemos um wrap de falafel que estava muito bom! Sou vegetariana e tive a sorte de encontrar uma comidinha para mim e ainda influenciei as amigas a optarem por ele também. Mas não tem só comida, há, também, várias barraquinhas de artesanato e moda e torço para que, com o tempo, tenhamos mais opções ainda, para ficar ainda mais interessante. No dia que fomos, um sábado, ainda estava tocando um sambinha bem a cara do Rio.

Cidade Olímpica (Créditos: http://www.cidadeolimpica.com.br)

Não podemos deixar de comentar que o Museu de Arte do Rio é ali na Praça e oferece uma vista linda de todo o local, mas acabou que não fomos nesse dia. E, em dezembro, será a inauguração do Museu do Amanhã, localizado no Píer Mauá, o que deixará a praça ainda mais movimentada. O Museu está lindo por fora, rende ótimas fotos, e parece que será bem interessante, principalmente para a criançada.

Praça Mauá com o Museu do Amanhã ao fundo

Chegar de transporte público é super fácil, afinal, é no Centro do Rio. De carro só complica para estacionar. Não vi nenhum estacionamento próprio para isso, então tivemos que parar em uma rua um pouco mais afastada, nesse caso tem que ficar de olho e não dar mole até chegar no carro. Acho que seria legal acrescentar algum estacionamento pertinho ou então um pouco mais de segurança nas ruas do entorno.

Se você estiver procurando algum lugar diferente para passar uma tarde agradável no Rio, coloque a Praça Mauá como uma de suas opções, vale a pena prestigiar pelo menos uma vez esse lugar cheio de história e que se tornou o novo ponto turístico do Rio.

– Praça Mauá
Av. Rodrigues Alves, 135 – Centro, Rio de Janeiro – RJ

– Museu de Arte do Rio
Praça Mauá, 5, Centro – CEP 20081-240 – Rio de Janeiro/RJ
21) 3031 2741
Terça a domingo, das 10h às 17h. Às terças-feiras, o MAR é gratuito para todos.
http://www.museudeartedorio.org.br

– Museu do Amanhã
Praça Mauá, 1 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20081-240
Ainda não inaugurado
http://museudoamanha.org.br/

Parque + Feira

Os dias durante a semana estão se arrastando. Não por falta de atividades, mas sim por excesso de horas no trabalho. Por isso, tenho passado minhas semanas esperando ansiosamente pelo final de semana, nem que seja para ficar em casa assistindo seriados ou cuidando um pouco mais das minhas filhotas peludas.

Sou aquele tipo de pessoa que planeja fazer mil coisas, mas que na hora de sair de casa sente uma preguiça exorbitante. Sim, eu amo ficar em casa. E tem mais, ando muito desanimada com minha cidade, que está uma zona, e com o Rio, que está uma zona maior ainda. Quem acompanha as notícias volta e meia deve se deparar com as coisas ruins que acontecem por aqui, e olha que os noticiários nem mostram totalmente a realidade. Para simplificar, pegue todos os pontos negativos que você conhece do Rio, multiplica por 10 e então você chegará à realidade daqueles que não moram na Zona Sul (incluindo cidades ao redor).

Uma triste constatação, pois o Rio é sim muito bonito e tem muita coisa boa para fazer, para todos os gostos. Também não podemos ficar trancados para sempre vendo o tempo passar. Então volta e meia me animo a fazer alguma coisa boa pela cidade.

Nesse domingo, Dany me pediu ajuda para fazer umas fotos das joias da empresa dela e do pai e, para isso, fomos a um cantinho especial da cidade, o Parque Lage, um lugar delicioso do Rio, bem aos pés do Cristo, com muito verde e trilhas para caminhar. Na sede, que é linda, além de cursos de artes, também existe um restaurante que serve um dos cafés da manha mais tradicionais do Rio.

Parque Lage - RJ

Segunda vez que vou nele e é a primeira em um domingo. Como era de se esperar para um domingo de sol, estava bem cheio, muitas famílias com crianças e muitas pessoas fazendo ensaios fotográficos (assim como nós), mas, mesmo bastante movimentado, dá para curtir tranquilamente o Parque e fugir um pouco do óbvio. E, claro, a companhia das amigas também foi responsável pela diversão no nosso dia de modeletes ;).

Aos pés do Cristo

Acabou que terminamos o ensaio por volta das 15hs e, como não havíamos almoçado, estávamos famintas. Decidimos por outro lugar bem tradicional do Rio, apesar de ser bem diferente: Feira de São Cristóvão, mais popularmente conhecida como Feira dos Paraíbas, que tem de tudo um pouco, mas, principalmente, muita comida e forró. As opções vão desde barraquinhas mais simples até restaurantes climatizados, e tudo muito bem servido. A Feira já é um lugar que não faz tanto meu estilo, principalmente porque não como 90% do que tem lá, mas vale a pena conhecer, a propósito, sempre vale conhecer algo novo.

  • Parque Lage
    R. Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico, Rio de Janeiro – RJ, 22461-000
    Entrada grátis